quarta-feira, 9 de Junho de 2010

Apesar dos momentos difíceis que atravessamos, e com os quais o nosso planeta sofre, podemos sempre inovar, olhar de forma diferente para o mesmo problema e perceber que há sempre algo mais a ser feito, há sempre uma solução. Deste modo, os ambientalistas em colaboração com engenheiros tentam encontrar estas "soluções", para que possamos recuperar o mal que fizemos ao nosso planeta.
Assim, vão surgindo novos projectos e ideias para travar o aquecimento global, o degelo, etc. resultantes do agravamento do efeito de estufa que tem como base o consumismo excessivo e abusivo do Homem.
Aqui vamos mostrar um video de um novo projecto que poderá um dia vir a tornar-se realidade:

sexta-feira, 28 de Maio de 2010



O consumismo é o acto de comprar produtos de forma exagerada. As pessoas consumistas adquirem produtos sem necessidade.

O consumismo é típico das sociedades capitalistas e é estimulado pelas campanhas publicitárias vinculadas, principalmente na televisão, cinema e meios de comunicação.

São portanto evidentes as consequências do consumismo sobre o meio ambiente e sobre a qualidade da vida social. Tal tendência conduz, por um lado, ao desperdício no uso de recursos naturais e energéticos e, por outro, agrava os problemas de geração e processamento de lixo.

Do ponto de vista cultural e económico, aprofunda os processos de alienação e exploração do trabalho e cria irracionalidades como a proliferação de supérfluos. Representa, enfim, um tipo de comportamento e de ideologia que alimenta o processo de degradação, tanto das relações sociais em si quanto das relações entre sociedade e natureza.

A degradação atinge toda a biodiversidade, principalmente em áreas de alta densidade demográfica e uma das principais responsáveis por essa degradação são as imensas montanhas de lixo provocadas pelo consumismo.

Mudar o nosso comportamento em relação ao consumo é fundamental e só através da Educação teremos oportunidade de salvar o nosso planeta.

Pretendemos assim a implementação de um consumo consciente na sociedade, que é o acto de adquirir e usar bens de consumo, alimentos e recursos naturais de forma a não exceder as necessidades. Além de ser uma questão de cidadania, as atitudes de consumo consciente ajudam a preservar o meio ambiente. Conseguindo assim desta forma acompanhar o progresso científico e tecnológico de uma maneira consciente e responsável.


Devemos começar a partir de pequenas mudanças.

Algumas sugestões de práticas que visam o consumo consciente:

- Comprar roupas, alimentos e outras mercadorias na medida certa para o consumo individual ou da família, visando evitar ao máximo o desperdício;

- Gastar água e energia somente o necessário, evitando ao máximo o desperdício;

- Optar pelo uso de combustíveis verdes (biocombustíveis), evitando os combustíveis fósseis (gasolina, diesel, etc.);

- Reutilizar produtos e bens naturais sempre que possível;

- Adquirir electrodomésticos que funcionem com baixo consumo de energia eléctrica;

- Promover a separação e reciclagem do lixo;

- Usar sistemas que evitem o desperdício de água e energia nas residências;

- Valorizar e adquirir produtos de empresas que demonstram preocupações sociais e ambientais;

- Melhoria de produtos e serviços em empresas, visando a redução do impacto ambiental;

- Divulgar e participar, sempre que possível, de campanhas que visem a prática do consumo consciente;

- Utilizar sacos reutilizáveis para transportar os produtos adquiridos em supermercados;

- Valorizar o consumo de produtos orgânicos que, além de serem benéficos à saúde, a produção envolve práticas de respeito ao meio ambiente.